Babel

O que procuras?

5 de mar. de 2019

Resenha: Marcelo, Marmelo, Martelo e outras histórias, de Ruth Rocha

O exemplar que tenho em casa, velhinho mas em bom estado
Livro: Marcelo, Marmelo, Martelo e Outras Histórias
Autora: Ruth Rocha
Ilustrador: Adalberto Cornavaca
Edição: 33ª
Ano: 1976
Editora Salamandra




Ruth Rocha é uma das minhas autoras preferidas, pela sua capacidade de criar histórias infantis que levam à reflexão e de tocar em temas dito espinhosos.  Já falei sobre este assunto em uma resenha de outro livro, O Que Os Olhos Não Vêem , aqui mesmo neste blog.

Para quem não está associando o nome à pessoa, ela é autora também de O Reizinho Mandão, Dois idiotas sentados cada qual no seu barril,Sapo Vira Rei Vira Sapo,  entre outros.

Neste livro, Ruth Rocha conta três histórias, protagonizadas por crianças que vivem no espaço urbano. São situações do cotidiano,que estas crianças resolvem a seu modo, aprendendo e crescendo com os desafios a elas impostos. 

 --------------------------------


Em Marcelo, Marmelo, Martelo, história que dá título ao livro, somos apresentados a Marcelo, garoto curioso sobre a origem das palavras. Ou melhor, curioso sobre o PORQUE as as coisas recebem o nome que receberam. Além de nos fazer pensar sobre o assunto, o texto diverte com o ponto de vista do Marcelo, que chega a conclusão de que se as coisas receberam nomes arbitrariamente, ele tem liberdade para chamá-las do jeito que acha mais lógico,o que gera situações embaraçosas aos pais - e, um dia, ao próprio menino.








 













 Teresinha e Gabriela leva-nos a conhecer duas meninas: Gabriela, menina sapeca, feliz, que lidera as brincadeiras na rua,não se importa em se sujar e desfruta de todos os momentos em que pode brincar ao ar livre e Teresinha, menina recém-chegada, delicada, de modos mais tímidos e que pouco sai. As demais crianças comparam as duas, que ficam desconfortáveis com isto, porém elas aprenderão a lidar com as diferenças.




 

Em O Dono da Bola (nossa, lembro desse texto da minha época de escola!), conhecemos Caloca, ou Carlos Alberto.

Caloca é uma criança com muitos brinquedos, porém sem amigos para brincar com ele. Só brinca com outros meninos quando é para jogar futebol, pois faz parte de um time que disputará um campeonato infantil, e é a única criança deste time que possui uma bola de couro. 

Porém Caloca não gosta de ser contrariado durante os treinos,e  quando isso acontece, simplesmente carrega a bola para casa, frustrando os demais meninos. Este conto traz uma lição de amizade, sendo narrado em primeira pessoa por um dos meninos da rua integrante do mesmo time de Caloca. 




Ao final de cada história, a autora deixa algumas perguntas para os leitores refletirem, incentivando-os também a escrever outros finais, criar personagens e conversar com outras pessoas sobre os sentimentos que as histórias despertaram. Isso era comum em livros didáticos e paradidáticos na época em que esta obra foi lançada e por isso pode causar estranheza nos(as) leitores(as) de hoje em dia. 




Onde encontrar o livro - Alguns sites sugeridos:

Amazon: https://amzn.to/2Wj4F2D

Saraiva: http://ow.ly/68pe30nrkJu

Estante Virtual: http://ow.ly/kLso30nrkKv 


 ........................................................................................................................................................



Esta postagem faz parte do desafio literário 2019  proposto pela Sybylla, do blog Momentum Saga



          Outras postagens que fazem parte deste desafio:
 



1) Desmortos, de Mary C. Müller - Um livro Young Adult

2) Tartarugas até lá embaixo, de John Green - Um livro que

deveria ter sido lido em 2018

3) Marcelo, Marmelo, Martelo, de Ruth Rocha – Um livro

Infanto-juvenil
 
 

Um comentário:

  1. Gostei de tua resenha e gosto da Ruth Rocha tão conhecida de tantos nós pela qualidade dos seus livros que além da leitura, fazem pensar..Bjs,chica

    ResponderExcluir

Devaneie você também!

Meu Wattpad

Devaneios em Vídeo