Babel

O que procuras?

1 de jul de 2018

Eu tenho muito mais para dar

(atualização: tradução da música logo abaixo do vídeo - tem uns errinhos, mas logo que conseguir vou ajustar)

Você quer saber como será nosso futuro,enquanto eu ainda me perco caçando vaga-lumes.
Me perdoe!Me perco muito ainda.

Você diz que já viu de tudo, e eu ainda estou me maravilhando com todos os possíveis sabores de sorvete.

Você quer saber o que a vida reserva,  e  eu ainda estou aprendendo a viver.
Você só quer um porto seguro, enquanto eu ainda estou brincando na chuva.

Você quer que eu coloque um casaco extra na bolsa, e eu estou vendo desenhos em nuvens, procurando o pote de ouro no final do arco-íris. 

Eu simplesmente procuro outro sonho, quando não posso ter o que quis. Miro por uns instantes minhas esperanças despedaçadas, mas logo as transformo em caleidoscópios.

Às vezes quero te dar razão, e levar a vida mais a sério,
Mas esta é a única vida que terei, a única chance de rir, chorar, procurar sonhos, amar.

Não vou fugir do inevitável, não vou me fechar em um castelo. Mas é bom ter uma torre para se refugiar às vezes. Você sempre me encontrará lá quando isso acontecer.






REFRÃO

Eu não vou chorar 
Tenho mais tempo para dar 
Eu não vou chorar 
Encontre outro sonho 

Eu sou incapaz de me curar? 
A lembrança da minha queda da graça em seu coração 

Estou na minha jornada para casa sem combustível, sozinho 
Eu acho que vou parar por um tempo 

(refrão)


Porque estou prestes a resolvê-lo 
Coloque meu motor de volta no overdrive 
Então eu posso respirar de novo, fotossintetizar novamente 
Com as colinas verdes da minha casa 

(refrão) 

Eu não vou chorar 
(Salve o caminho para mim) 
Tenho mais tempo para dar 
(Está ficando desagradável) 
Eu não vou chorar 
Encontre outro sonho 

Mas se eu acertasse, você me diria 

E se eu estivesse errado, então eu desapareceria 
Mas sou incapaz 

Eu não vou chorar 
(Diga o caminho para mim) 
Tenho mais tempo para dar 
(Está ficando desagradável) 
Eu não vou chorar 
Encontre outro sonho 

3 comentários:

  1. Que lindo,Mari! Adoro te ler e tão bom quando estamos sempre querendo mais. Quando isso pararmos de sentir ou fazer, estamos já quase mortos,rs.. Adorei! beijos, lindo dia e feliz JULHO! chica

    ResponderExcluir
  2. Boa tarde, querida amiga Mari!
    Um post muito bem escrito e não só em palavras... percebo sua intensidade de viver e me vi em sua descrição de como é na íntegra em seu modo de viver e ver as coisas...
    Deixemos que os outros não nos entendam... a vida merece serenidade para ser vivida... apreciar tudo nos pormenores e ser menos superficial.
    Muito bom tudo!
    Seja muito feliz e abençoada junto aos seus amados!
    Bjm carinhoso e fraterno de paz e bem

    ResponderExcluir
  3. Coisas lindas e não findas Mari, estas que vi por aqui, que posso dizer que assino, pois assim tento levar esta vida o mais próximo da suavidade. Ainda sou dos que creem que desta vida não sairemos vivos e que viver é mesmo estar em todas responsavelmente livre e feliz.
    Bela partilha amiga.

    Carinhoso abraço.
    Um Julho lindo e pleno de possibilidades.

    ResponderExcluir

Devaneie você também!

Meu Wattpad

Devaneios em Vídeo