2 de nov de 2016

Pequenos Momentos

Já fazia uma hora que estava ouvindo Iron Maiden enquanto ficava com a vista embaralhada vendo os doces virtuais se misturarem. Essa era a vida da Tânia, de dia dando duro no trabalho e à noite jogando no Facebook enquanto o namorado ficava no outro cômodo, programando e assistindo documentários sobre teorias da conspiração ao mesmo tempo, em um silêncio tão grande que ela se indagava às vezes se ele estava respirando. 
Este ritual se estendia até mais ou menos onze da noite, quando os computadores finalmente eram desligados e os dois sentavam juntos no sofá para assistir qualquer seriado ou até mesmo desenho animado. Depois, cama e o dia seguinte logo começaria para aquela rotina continuar, a não ser pelos finais de semana quando tudo ficava de pernas para o ar: café da manhã no almoço, almoço no lanche, janta quando desse vontade e se desse, dormir até dizer chega ou sair sem rumo na hora que desse vontade. 
E quer saber? 
Eles eram felizes. 

Olá! Este pequeno conto aí em cima faz parte de um livro que estou escrevendo, todinho de fragmentos do cotidiano - aliás, o nome provisório do livro é este mesmo, Fragmentos. 
Você gostou deste miniconto? Deixe sua opinião, crítica, sugestão e outros etcéteras no espaço do comentário, já que ele é seu! 
Abraços e até sexta! 

Um comentário:

  1. Gostei de ler e teu jeito de escrever sempre é lindo! Fragmentos será sucesso! Temas do cotidiano sempre são belas inspirações! bjs, chica

    ResponderExcluir

Devaneie você também!

Babel

O que você procura?

Quer receber estes devaneios em seu e-mail?

Devaneios em Vídeo