13 de abr de 2015

Seu Germânio instituiu os sorvetes de arcabouço

Como já disse muitas vezes, costumo "viajar" quando ouço palavras diferentes, ou brinco de dar significados novos. Hoje mesmo, meu esposo estava comentando sobre o elemento Germânio, da tabela periódica, e logo imaginei: - Poxa, parece nome de gente. 

Aliás, muitos elementos da tabela periódica tem nomes que parecem de gente. Lembro da época em que cursei Segundo Grau ( não era Ensino Médio, sou da época do Segundo Grau mesmo, embora meu lindo rostinho não demonstre isso, ahauhauahau), em que chamávamos alguns elementos de "irmãozinhos", por terem nomes semelhantes, e brincávamos de encontrar o nome de nosso futuros filhos naquela tabela. 


Mas enfim, ouvi o nome "Germânio", e  logo imaginei: um senhor aposentado, bonachão, que sempre que precisa sair de casa, o faz a pé. Mora sozinho, é viúvo há vários anos. Cultiva um pequeno jardim e uma horta,que sempre deixa impecáveis, assim como um gramado em frente à sua pequena casa. Cumprimenta cordialmente a todos que passam na rua, comprazendo-se em passar um tempo - sempre entre meio-dia e três da tarde - lendo ou simplesmente contemplando o movimento, sentado na varanda da casa. Uma vez por mês, religiosamente, vai a pé até a lotérica mais próxima, onde paga as contas de água, luz e telefone, compra uma raspadinha, pega sua aposentadoria e na volta para casa passa na farmácia na qual ainda vendem aquelas balinhas de hortelã, branquinhas, em um saquinho de papel. Volta para casa caminhando e comendo as balinhas, até chegar em casa já comeu todas. Sempre tem um pote com balas em casa e volta e meia oferece às crianças filhas de seus vizinhos. 
Sei lá, acho que a descrição combina, né? 

Berílio, por sua vez, é um jovem. Um pouco tímido, porém com grandes ambições. Apaixonado por Hássia, moça de gênio forte, tem muita dificuldade em se declarar, mandando de forma anônima bilhetes com declarações de amor e buquês de rosas vermelhas. Tem vergonha de adicioná-la no Facebook, sempre parando antes de clicar em "enviar solicitação de amizade". Berílio está em uma carreira promissora em uma empresa de publicidade, e tem planos para alavancar seus ganhos, através de uma estratégia bem elaborada para progredir mais. Acredita no esforço pessoal, honestidade e transparência em seus negócios. Hássia não conhece o lado determinando de Berílio, o vê poucas vezes e o acha uma gracinha quando percebe como ele fica acanhado perto dela. Ainda vai tomar a iniciativa para conhecê-lo melhor e ver o que há debaixo daquele iceberg. 

Califórnio é o chefe de Berílio, não é de todo íntegro, porém tem grande apreço pelo rapaz, ajudando-o a vencer a timidez e a crescer na empresa. Califórnio mora em uma mansão no alto de uma colina, onde construiu também um minicampo de golfe. Lá passa os finais de semana jogando com seus dois genros. Ele também foi o antigo chefe de seu Germânio e pelo menos uma vez a cada duas semanas vai visitá-lo, tomar um café e contar as novidades sobre a empresa.

Eita, que são meia-noite e vinte e sete! Acho que vou continuar esta galeria de personagens em outra ocasião,já é segunda-feira e preciso descansar. Amanhã é dia de fazer uma doação de panacéias, colher arcabouços e limpar os luscos-fuscos do terreno, senão chaveiros irão nascer e sufocar as estrafegâncias que tive tanto trabalho para cultivar. Sem falar que o travamento da caixola estragou de novo e preciso estrunchar a carteira, até conseguir uma grana para pagar o serviço. 
Até mais!


4 comentários:

  1. Muito bom o seu texto, Mari
    Morrí de rir!
    Linda semana para tí, querida
    Beijinhos de
    Verena e Bichinhos

    ResponderExcluir
  2. Curiosos mesmos os nomes dos elementos.
    Lembro que em cursinho aprendi uma regra para saber que elemento deslocaria o outro numa reação. Mas isso faz muito tempo,kkk
    Gostei Mari de sua construção destes mini contos e depois o entrelaçamento deles e poderia sim muito bem continua-lo. Pense nisso.
    Um lindo fim de semana a voce.
    Carinhoso abraço amiga.
    Quando tiver postado o projeto trago o link de hoje da imagem.

    ResponderExcluir
  3. Mari,tu és demais! Adorei esses personagens tão bem por ti apresentados e imaginados. Valeu!

    Acho que dá samba, como o Toninho também pensa...Podes continuar! bjs, chica

    ResponderExcluir
  4. Pois eu conheci um Germânio! hahahaha E ele não bate com a sua descrição de um velhinho bonachão, o Germânio que conheci era um tagarela e que adorava contar vantagem, ô cara chato! ( só escrevo isso porque não é parente e nem amigo de família - aliás, por onde andará Germânio?)

    Espero que Berílio e Hássia se deem bem. rs :) Adorei a criatividade!

    ResponderExcluir

Devaneie você também!

Babel

O que você procura?

Quer receber estes devaneios em seu e-mail?

Devaneios em Vídeo