26 de jan de 2015

Lado A, lado B

Atualizei a postagem porque essa imagem que a Silvana criou é tão linda!

Volta e meia me deparo com a pergunta,em vários fóruns e páginas de "testes" na internet: você tem um lado B? 

Já me arrisquei a dizer que sim. 

Mas tenho pensado melhor a respeito. 

Não, não tenho apenas dois lados. 

Nenhum ser humano tem apenas dois lados, um "bonzinho e que usa na sociedade" e outro "que usa em casa ou apenas com as pessoas mais íntimas"

Não, gente. 

Nós somos multifacetados! Não somos uma parede, com um lado visível e outro escondido, não somos a lua apenas com "quatro fases", nem somos um dado, com lados aparentes e reversos, uma parte que se esconde quando outra se manifesta. 

Somos um caleidoscópio, ou melhor ainda, diamantes!  O sol nos ilumina inteiramente, temos muitas facetas e várias delas se revelam ao mesmo tempo! 

Ah, você vem me dizer: tenho um lado B! 
E eu respondo: são mais de dois... 

No trabalho agimos de um jeito, em casa de outro, em uma reunião de outra forma, em celebrações religiosas de outra.. embora uma parte de nós seja sempre a mesma. (vide a teoria das personas, ou das máscaras, de Jung)

Não gosto de pensar em mim como tendo apenas duas faces, uma linda e maravilhosa e outra escondida e sombria. Tenho muitas faces, e cada uma delas tem sua chance de ser exposta à luz nas horas corretas (ou nem sempre, sou um ser humano e muitas vezes exponho uma face em horas inadequadas. rsrsrs) 

Então, se vocês concordam - ou não - vamos fazer um teste? Identifiquem as várias faces, as personas que usam no dia-a-dia e vivam como um diamante,iluminado, brilhante, com várias faces, e não em uma perspectiva maniqueísta. Não existe só o branco e o preto, existe o cinza. Mas não precisamos ser somente cinza. Vamos ser coloridos! 

(Texto escrito em uma inspiração breve e sem revisão, pela minha faceta imediatista. Mais tarde volto e vejo se preciso me arrepender ou arrumar alguma coisa). 

17 comentários:

  1. Deus do céu, Mari:
    Envie esse texto para um jornal local, ou qualquer outro lugar que divulgue texto.
    É simplesmente BRILHANTE!
    AH! E NÃO mude nem uma vírgula, ok. TÁ PERFEITO.
    Boa semana!
    Bjs.:
    Sil

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossa, Silvana, foi a primeira coisa que li quando entrei na internet ontem pela manhã.. fiquei até lisonjeada. Não pensei que tivesse ficado tão bom!

      Excluir
  2. Maravilha,Mari e a nossa essência é a mesma sempre, mas mudamos nossos comportamentos, até mesmo pois os locais que circulamos mudam. bjs praianos,chica

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É.. mudamos os comportamentos de acordo com as situações. Aproveite a praia!

      Excluir
  3. Mari, maravilhoso. Lindo. Verdadeiro.
    Beijos
    Renato

    ResponderExcluir
  4. Belo! Acho mesmo que temos vários lados e muita vezes nem os escolhemos usar, eles "brotam" assim que abrimos os olhos pela manhã. Outra vezes, mal conseguimos controlá-los.
    rsrs gostei da observação sobre o texto rsrs.

    Abração e lindo dia.

    ResponderExcluir
  5. Lembro de um texto de Ferreira Gullar,onde ele diz que tem duas partes, uma que é todo mundo e outra que é solidão...
    Mas na verdade somos seres multifacetados mesmo Mari, nos fazemos camaleões de acordo com o publico e ou situação.
    Muito boa sua postagem com toda sua analise e reflexão.
    Linda semana.
    Abraços.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ótima semana para você também!

      Excluir
  6. Boa noite Silvana adorei o seu texto!
    Concordo plenamente que todos temos várias faces!
    Nós somos como somos, mas os momentos e circunstâncias da vida nos fazem adaptar ou variar nem que seja por alguns instantes!
    Veio-me ao pensamento esta frase de Clarice Lispecter que admiro muito "Sou como você me vê.
    Posso ser leve como uma brisa ou forte como uma ventania,
    Depende de quando e como você me vê passar.";))!
    Beijinhos,
    Ailime
    (Muito obrigada pelo seu comentário sobre a imagem;))!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não sou a Silvana, ehehhe.. mas muito obrigada pela visitinha ao meu blog, e sempre me esforçarei para visitar o seu. Gosto do que escreves.
      Abraços
      Mari

      Excluir
  7. Olá, querida Mari
    Gosto muito da versão de SOMBRAS e VIRTUDES... me encaixo, perfeitamente, nela...
    Adorei o post!!!
    Integrar para não desmoronar...
    Bjm festivo de 2015

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muitos bjs festivos para você, querida!

      Excluir
  8. Ótimo texto, tento ser o mais colorido possível, mas realmente as faces vem e vão sem que nos demos conta.. Como disse a Silvana também acho que não precisa mudar nenhuma vírgula, perfeito, grato por compartilhar conosco!!

    Att; Wesley Felício
    Made in Brazil Art e Artesanato

    ResponderExcluir
  9. Mari,

    Excelente! Concordo com as meninas.
    Eu prefiro ter várias faces, e mais coloridas possíveis, com o mesmo carater e responsabilidade.
    Prefiro ser multi colorida. Rs Amei!
    Vim agradecer pelo acolhimento ao 140 caracteres. Gostei demais de particpar.
    Linda e abençoada semana! Beijos

    ResponderExcluir
  10. Olá, boa tarde,Mary B.
    com certeza, somos coloridos, somos seres humanos mutifacetados, de grande complexidade e há sentimentos, emoções, reações extremas dentro de nós , que até nós mesmos só conhecemos em momentos extremos, intensos e tensos. E os muito de nós se manifestam porque como ser racional e pensante, transcendemos os limites impostos e criamos novas realidades, bem como somos capazes de se recriar, modificando-se e aperfeiçoando-se, sempre, creio, na direção da plenitude como ser , da essência... e imagina, então onde não há limites de ser só A ou B , podemos , não deveria, ser o que quisermos, e talvez, não aquela pessoa que os outros imaginam e aproveitar de algumas ocasiões para satisfazer nossas necessidades de auto-estima.
    Agradeço pelo belo comentário em meu blog, belos dias, beijos!

    ResponderExcluir

Devaneie você também!

Babel

O que você procura?

Quer receber estes devaneios em seu e-mail?

Devaneios em Vídeo