1 de mai de 2013

Voando

São meia-noite e quarenta, eu já deveria estar dormindo.
Voejo nos pensamentos, deliro em conjecturas enquanto palavras se formam no monitor em minha frente, e o rock invade meus ouvidos - benditos fones!

Véspera de feriado, último dia do mês. Coisas que eu já deveria ter feito e não terminei ( Argh!), outras que estão prontas (Eba!), casa para terminar de organizar.

Penso na vida e digito sem pensar, deixo-me levar pelo exercício de escrita livre, deixando simplesmente uma enxurrada de palavras fluir.
Fecho os olhos um momento, conitnuo batucando no teclado, olho para outro lado e os dedos continuam se mexendo.
Tanta coisa na cabeça, tantas ideias boas e nada que presta sai no papel. Meia noite e quarenta e sete.
Viciei em Boulevard Of Broken Dreams, em uma música do Metallica que não lembro o nome e até mesmo ando ouvindo Kiss (Tom Jones)... que salada!

Trabalho, planos, obrigações, contas, ideias, projetos inacabados, maluquices.

Meia noite e cinquenta

Hora de parar com esse desvario, com essa maluquice de ficar digitando o que vem na cabeça.

Preciso...

.....dormir.

E logo!!!

5 comentários:

  1. Gosto desses textos descompromissados em que se escreve apenas por escrever, por ser gostoso escrever, me diverti lendo teu texto.
    Abraços.

    ResponderExcluir
  2. Legal te ler e desejo que tenhas um lindo descanso hoje, feriadinho! beijos,chica

    ResponderExcluir
  3. Adorei HUSAHU parece muito com as minhas crônicas. Mas é isso: escrever até sobre o que não é compreesível. De qualquer forma, pra alguém faz sentido e as suas palavras fizeram muito sentido pra mim. Tô maior tempão sem comentar aqui, hoje resolvi usar meu dedos. heheh BEijão Mari.

    www.spiderwebs.com.br

    ResponderExcluir
  4. Marina
    Como diria Paulo Leminski " Escrevo. E pronto.Escrevo porque preciso
    Preciso porque estou tonto." e estou tonto porque o tempo está voando....quando resolvo escrever , também, tenho a nítida impressão de que o tempo não está simplesmente passando… ele está correndo, voando e escapando das minhas mãos!Não consigo mais fazer as mesmas coisas de antes! E muitas vezes eu olho para o que passou e me assusto com o tudo que eu tinha para fazer e o quase nada que eu consegui adiantar!
    Mas, pode ter certeza, "deu" (palavra dúbia) a hora de dormir... pronto. Fica tudo para depois...
    Obrigado pelo carinho da semana
    Boa semana!Paz e luz
    Beijos

    ResponderExcluir
  5. corrigindo...obrigado pelo carinho da VISITA
    Boa SEMANA
    Beijos

    ResponderExcluir

Devaneie você também!

Babel

O que você procura?

Quer receber estes devaneios em seu e-mail?

Devaneios em Vídeo