5 de abr de 2013

Exagerados E's

Errando
Erronamente
Estado errante
Estonteante
Escrevendo
Esticando
Emanando enfado
Esperando  
                 enquanto
                               escuto.

Encenando entusiasmo
Enfileirando elocubrações
Estranhando exatamente
Exacerbadamente


Enfim, esquecendo enquanto 
Espelho-me em estações

Este tempo estapafúrdio em evidência.

6 comentários:

  1. Blog muito interessante! Fico como seguidora.
    Beijo.
    Nita

    ResponderExcluir
  2. OI MARINA!
    GOSTEI DE TEUS ESCRITOS.
    ABRÇS
    http://zilanicelia.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Olá, Marina.
    Muito criativo e inteligente o seu poema, ele me lembra um texto enorme todo escrito com palavras que começavam com "m" que o Chico Anysio leu certa vez no Programa do Jô.
    Abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gostaria de conhecer este poema.. pior que minha mente doente, cada vez que ouve falar neste poema e em Chico Anysio, logo pensa em uma palavra com "m"... que.. deixa prá lá. kkkkk

      Excluir
  4. Esperar enquanto escuta é uma arte! Esperar que as palavras dancem sobre nossos pensamentos e transcrevam significados minuciosos...
    É uma pena que alguns, ao invés disso, apenas ouvem enquanto escutam.

    ResponderExcluir

Devaneie você também!

Babel

O que você procura?

Quer receber estes devaneios em seu e-mail?

Devaneios em Vídeo