7 de nov de 2012

I Disappear

( Escrevi o que veio à cabeça, enquanto via o clip da música no youtube. Não há semelhanças com fatos reais, mas com pensamentos sim. Ahahha....) 
  

Hey hey hey
Here I go now
Here I go into new days
Hey hey hey
Here I go now
Here I go into new days
I'm pain, I'm hope, I'm suffer
Yeah hey hey hey yeah yeah
Here I go into new days


E aqui vou eu, sem saber direito para onde. Ouvindo música, mascando chicletes, sentindo o calor do sol em minha cabeça. Aqui vou eu. Mais um dia,um dia comum.
Haverá esperança de novos dias? Haverão novos dias?


Hey hey hey
Ain't no mercy
Ain't no mercy there for me
Hey hey hey
Ain't no mercy
Ain't no mercy there for me
I'm pain, I'm hope, I'm suffer
Yeah, yeah, hey, hey no mercy
Ain't no mercy there for me



Sigo o caminho, vendo tantas pessoas seguindo.. algumas para cá, outras para lá, sempre correndo. Sempre escravas do tempo que elas mesmas inventaram. Sempre lamentando a falta de tempo,na qual no fundo se comprazem. Sempre achando que deveriam ter mais o que fazer, procurando preencher o vazio e a vida com mais e mais obrigações.


Do you bury me when I'm gone
Do you teach me while I'm here
Just as soon as I belong
Then it's time I disappear
Ha!!!


Mundo doido, no qual quando penso que aprendi as regras, vem alguém e muda tudo. Quanto mais conheço os seres que se dizem humanos, menos me sinto parte da humanidade


Hey hey hey
And I went
And I went on down that road
Hey hey hey
And I went on
And I went on down that road
I'm pain, I'm hope, I'm suffer
Hey hey hey yeah and I went on
And I went on down that road



E eu continuo, simplesmente porque não posso voltar atrás. Continuo por que a vida e meu instinto me impelem para frente. Porque já sei de onde vim, e tudo o que deixei para trás vai se desintegrando de minha memória. Porque devo prosseguir, tendo ou não sentido nisso.


Do you bury me when I'm gone
Do you teach me while I'm here
Just as soon as I belong
Then it's time I disappear



E lentamente... eu desapareço.


(Tentei anexar o vídeo, mas não consegui.. colar o link do youtube não deu muito certo, o vídeo que eu escolhi não aparecia na lista. Então, deixo o link para quem quiser assistir - é legendado em português) 





5 comentários:

  1. A vida segue é assim mesmo, conforme vai descendo a ampulheta da vida, vamos nos gastando e nos deixando gastar!
    Adorei o ritmo que embalou na sua vida!
    bjks doces

    ResponderExcluir
  2. Eu adoro esta música. Bem, eu adoro Metallica, sou suspeito pra falar.
    Achei muito original a forma do post, Marina.
    E realmente é assim, criticamos a humanidade, mas seguimos o mesmo rumo porque querendo ou não, fazemos parte dela.

    => CLIQUE => ESCRITOS LISÉRGICOS...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também gosto muito do som do Metallica! Por dentro, sou rockeira, ahahhaha.

      Excluir
  3. Olá Marina
    Apresentação inteligente de uma grande sacada: ... ou vamos no embalo ou "desaparecemos".
    Mas... às vezes é bom "correr por fora";-))

    Abração
    Jan

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E muitas das pessoas mais felizes e bem-sucedidas, são as que souberam "correr por fora", nas horas corretas.
      Muito boa sua observação!

      Excluir

Devaneie você também!

Babel

O que você procura?

Quer receber estes devaneios em seu e-mail?

Devaneios em Vídeo