28 de jan de 2012

Insanidades Instantâneas (2)





Acordei com os olhos cheios de expectativa; lavei o sono do rosto, ouvindo o canto dos pássaros. 
Sacudi os sonhos, deixei-os debaixo dos travesseiros. 
Escovei os restos da noite que passou e pude estrear a dádiva de um novo dia de alma lavada. 

 ....................................................................................


AMOR

Causa
Consequência
Objeto
Verbo e essência
Subjetivo
Intimista
Criação
Realização??

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Devaneie você também!

Babel

O que você procura?

Quer receber estes devaneios em seu e-mail?

Devaneios em Vídeo