26 de jan de 2012

ESCREVINHANDO





Enredo-me na floresta de substantivos
Adjetivos pulsantes no caminho
Arrebatam-me entre exclamações
Sujeitos, predicados, interjeições.
E um labirinto de interrrogações.
Reticente, entre reticências, prossigo,
procurando um ponto final
Advérbios postam-se à estrada
e apóstrofos vigiam-me do alto. 
Aspas tomam meus pensamentos
E em um travessão dou o salto:
Chego ao objetivo em dois pontos, e sem mais vírgulas encerro o conto.




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Devaneie você também!

Babel

O que você procura?

Quer receber estes devaneios em seu e-mail?

Devaneios em Vídeo