25 de nov de 2011

Deixei ...

Deixei para trás o sentimento de pena (de mim mesma!)
Não me deixava crescer
Deixei para trás o sentimento de culpa
Não me deixava avançar
Deixei para trás o ressentimento
Não me deixava respirar
Deixei para trás o medo
Não me deixava criar
Deixei para trás........ o que mesmo?
Não lembro mais!
Por que tudo ficou como deveria estar:
Lá atrás!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Devaneie você também!

Babel

O que você procura?

Quer receber estes devaneios em seu e-mail?

Devaneios em Vídeo