29 de out de 2011

O Alto da Montanha - A decisão final


Estou entre a necessidade de realizar um sonho e a vontade de voltar à segurança do conhecido. 
Sempre quis conhecer o mundo, sempre achei que a cidade em que vivia não tinha muito a me oferecer. 
Agora, machucada pela vida, conhecendo o bem e o mal, a satisfação e o desespero, o silêncio e o tédio....continuo sofrendo o tédio das noites vazias, na vida que escolhi.... ou volto para casa, para lembrar o que me motivou a sair de lá? 
Voltar para algo do qual fugi... não parece ter sentido, ou sei lá, talvez tenha todo sentido do mundo. 

Não posso voltar, simplesmente. Não sou mais a mesma pessoa.Preciso continuar buscando meu lugar no mundo, não como um ser errante sem caminho, mas como alguém que vai em busca do destino. Talvez volte para minha cidade... mas para visitar minha família, os amigos que deixei, como quando a gente se entrega às recordações, porém sem viver delas. Comecei um processo que não tem volta,e neste momento seguir meu caminho em frente é a decisão correta.

O destino nem sempre nos coloca no lugar certo, na hora certa.
É preciso buscar.
E é exatamente o que estou fazendo.
Alguns podem me achar insensível ou até que não valorizo os meus, mas na verdade, o que trago dentro de mim, se guardado, fará mal a todos nós.
Eu preciso voar. Preciso de espaço. Minhas raízes estão crescendo e buscam o oxigênio, a vida.
Isso de nada destrói meu amor. O meu sangue irá comigo até o final dos tempos. Não há como fugir ou fingir.
Ademais, eu volto. Voltarei sempre .

(Texto escrito pela ,Mari - essa é outra Mari! -com exceção do trecho em itálico. )


Aproveito o espaço para dizer que foi muito interessante escrever este conto, ler as ideias e reações que a proposta suscitou. Talvez eu volte a propor mais criações neste sentido. 
Muitos agradecimentos ao Christian e à Mari, que "compraram" a ideia e ajudaram a criar um desfecho para  história. Também um agradecimento a todos que comentaram e acompanharam as postagens, aqui mesmo que tardias, eheheh.


Abraços a todos e ótimo domingo!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Devaneie você também!

Babel

O que você procura?

Quer receber estes devaneios em seu e-mail?

Devaneios em Vídeo