13 de abr de 2011

Blogagem Coletiva! ( O retorno!)

O Alessandro, do Blog Livros e Afins ,propôs mais uma blogagem coletiva para os amantes da leitura: 


"Numa época em que se pode baixar livros grátis da internet, em que a cultura da troca de livros entre as pessoas é tão comum e em que se pode facilmente emprestar um livro em uma biblioteca, o que lhe impele a tirar alguns tostões do bolso e pagar por um livro?"



Respondendo...
Há diversos fatores que me levam a comprar um livro. Mas o preponderante, é conhecer a história ou gostar do autor, e por isso não querer simplesmente "emprestar", ou "baixar", mas sim tê-lo comigo para poder ler, reler, degustar, saborear as páginas, na hora em que eu bem entender, sem compromisso de devolver. 
Cito como exemplo o "Quem Ama, Educa!" de Içami Tiba. Já havia pego da biblioteca algumas vezes. Acabei sendo presenteada com ele, mas teria comprado se isso não acontecesse. Por que? Para poder consultar a qualquer hora, sem preocupações com prazos.

Outro fator que me leva a comprar livros é, quando visito alguma livraria ou sebo, "dar de cara" com um título que chama a atenção de alguma maneira. Aí vejo a contracapa, dou uma espiadinha nas capas internas (onde isso é permitido). A sinopse do livro acaba me conquistando e se percebo que vale a pena, resolvo comprar.

"Numa época em que se pode baixar livros grátis da internet..." por que comprar? Bem, o livro ainda tem um lado muito prático: não precisa de bateria, de recarregador, pode ser levado para qualquer lugar e lido a qualquer hora. Sem falar que ler na tela,seja de pc, laptop, Ipad ou sei lá o que, é cansativo.
Ainda não há como substituir o toque, o cheiro das páginas, o prazer de saborear o conteúdo de um livro, sem pressa. 

9 comentários:

  1. Muito legal! Eu também me identifico com o cheiro dos livros.

    ResponderExcluir
  2. Ah... o cheiro! Olha que esqueci de mencionar isso na minha resposta mas sem sombra de duvidas é o que me faz desejar livros também!
    :)

    ResponderExcluir
  3. Sou tão seletivo quanto você quando o assunto é sobre livros. Também não sou muito adepto a e-books, faço meus downloads, mas dou preferência a liberdade de folhear páginas e concordo que ler no pc seja cansativo.

    Na hora da escolha também me identifiquei, nunca julgo um livro pela capa, gosto de ler as sinopses, o contexto e não me atenho a popularidade do autor.

    Muito boa sua participação, das melhores que li. Se quiser conferir a minha, o link:

    http://escritoslisergicos.blogspot.com/2011/04/o-que-leva-voce-comprar-um-livro.html

    ResponderExcluir
  4. Impressionante o quanto os livros nos são caros. Eu tb adoro o cheio do livro novo e toda a parte tátil envolvida no processo de ler. Abraço e bom feriado

    ResponderExcluir
  5. Cheiro do livro? Isso é que é usar aguçar todos os sentidos pra ler hein, eita pessoal apegado, rs

    ResponderExcluir
  6. Mari concordo com você, principalmente o cheiro do livro, o novo marca página, as capas, tudo nos prepara para a leitura.

    Adorei seu post.
    Abraços.
    Cintia

    ResponderExcluir
  7. Quando o assunto é livro eu nem quero saber do preço, embora eu concorde que são muito caros mesmo. Mas eu amo te-los adoro o cheiro de livro novo e dos velhos tbm rsrs. Compro livro todo mês as vezes é pelo título, ou pelo autor e tbm por indicação de alguém. Tem aqueles que compro ainda aleatoriamente, adoro livros e gosto de manuseá-los quando quero e a hora que bem entendo e quando gosto da história leio varias vezes por isso gosto que sejam meus...E acho ainda que livro é um tesouro que pode ficar para a futura geração, quero deixar meus livros para meus filhos quando eu os tiver...Um abraço a até mais..

    ResponderExcluir
  8. Gostaria de ampliar o comentário sobre o que nos leva a "gostar de ler". No meu caso atribuo ao fato de que o meu pai, especificamente ele, foi o responsável por esse bom hábito que carrego comigo. A nossa casa era bastante ampla e tínhamos o "quarto dos livros e revistas". Lá ficavam guardadas revistas e livros de muitas partes do mundo de assuntos diversos e específicos, como era o caso de ciências e mecânica, que eram as favoritas dele. Ele havia tinha contrato com um distribuidor de revistas nacionais que importava uma variada lista de revistas. Assim me ví, desde cedo familiarizado com espanhol, inglês e francês. Aceito que o cheiro das folhas nos conquista para sempre. Uso o computador como facilitador para escrever e faço leitura somente em textos curtos. Tenham um bom dia!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossa, adorei essa do "quarto dos livros e revistas"!

      Com um incentivo destes, com certeza não tem como não gostar de ler, adorei seu comentário.

      Desculpe a demora em responder, estive meio ausente...Mas sério, seu comentário foi riquíssimo. Vou visitar seu espaço.

      Excluir

Devaneie você também!

Babel

O que você procura?

Quer receber estes devaneios em seu e-mail?

Devaneios em Vídeo