14 de fev de 2011

Homenagem à minha "nonna" (avó)

(...sei lá o que aconteceu, entrei no blog hoje e a postagem havia sumido! Então, vou postar de novo...)

Almida, minha avó, deixou este mundo na sexta-feira, dia 11,aos 77 anos, depois de uma rápida doença.
Todos nós torcíamos muito pela sua recuperação, porém, apesar de resistir por quase uma semana, ela acabou partindo, deixando muita saudade.



Nossa família era e continua sendo muito unida, e as visitas aos avós eram constantes. O jeito humilde, acolhedor,que fazia todos se sentirem parte da família; os "amigos secretos" de final de ano, o carinho e dedicação com cada pessoa que eles encontravam deixou marcas em todos que tiveram a graça de conhecê-los.
Em minha mente guardarei sempre a imagem de uma avó sorridente e alegre, sincera e franca.

Pediram a nós, seus netos, que fizessem uma homenagem a ela no dia do enterro (sábado). Foi um pouco difícil escrever, mas rascunhamos o texto a seguir:




HOMENAGEM
Quem poderá esquecer nossa querida “nona” Almida?
Que a todos acolhia com um sorriso sincero e braços abertos.
Que adorava receber visitas e a ninguém deixava ir embora sem tomar o famoso cafezinho, acompanhado de boas doses de calor humano.
A casa dos “nonos” estava sempre de portas abertas para receber novos e velhos amigos, de forma tão humilde e calorosa que conquistava rapidamente a todos.
O casal Almida e Luiz trabalhou muito. Criou e educou com carinho e princípios cristãos suas 4 filhas. Os anos passaram, e foram surgindo os 6 netos e 1 bisneto, que deram novo colorido à vida dos “nonos”. A “nona” sempre teve um carinho especial por eles, preocupando-se com cada detalhe de suas vidas.
A casa dos “nonos” sempre foi o “paraíso dos netos”, como está escrito em uma plaquinha pendurada próximo à porta.
Os “nonos” formaram uma linda e unida família, em que todos sentiam-se à vontade e aproveitavam cada oportunidade para reunir-se.
E é essa família: filhas, genros, netos, bisnetos e tantos parentes e amigos que agora com saudades se despede da “nona”, que com certeza leva com ela um pouquinho de cada um de nós.

Descanse em paz...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Devaneie você também!

Babel

O que você procura?

Quer receber estes devaneios em seu e-mail?

Devaneios em Vídeo