2 de fev de 2011

...


O sol brilha lá fora
E ninguém se importa
A beleza do mundo
pertence somente a ele
Pois ninguém vê o mundo lá fora.

Enclausurados no quarto escuro de apartamentos
Revisitando dores, fotos, sentimentos
Ninguém vive a vida lá fora
Prefere viver o sofrimento

Cartas, filmes, conversas que ouvi
Páginas rasgadas de livros que não li
Vou deixar tudo aqui dentro
Fechar esse quarto e tudo o que nele tem
Porque é hora de finalmente viver!

Coitado de quem se fecha em si mesmo...
O sol continua brilhando
Tudo vive em movimento,
Tudo vai passando...
Estejamos vendo, ou não.

Está na hora de viver!!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Devaneie você também!

Babel

O que você procura?

Quer receber estes devaneios em seu e-mail?

Devaneios em Vídeo